Com o novo normal, ainda titubeante, começando a se solidificar lentamente, é hora de fazer aquela revisão das suas estratégias e objetivos e ser firme na reavaliação das suas necessidades. Assim, poderá alterar os seus orçamentos e maximizar as suas campanhas.

Mesmo que a COVID-19 tenha prejudicado os negócios de maneira significativa, saiba que, apenas um pequeno ajuste nos orçamentos pode ajudar você a conseguir os resultados que quer para os seus programas de recrutamento e seleção. 

1. Diversifique a sua estratégia

Com todos os altos e baixos de 2020 desestabilizando o mercado de trabalho, não há dúvidas de que houve certo pânico na indústria de recrutamento, resultando em redução de custos ou na suspensão total de investimentos. A boa notícia é que várias partes do mundo estão finalmente se ajustando ao “novo normal” e as coisas estão voltando a entrar em movimento. Ainda que os orçamentos estejam limitados, agora é a hora de investir com inteligência e de forma estratégica. Essa é a sua oportunidade de tomar decisões baseadas em dados e fatos que supram as suas necessidades de contratações, para encontrar a combinação perfeita de fontes de atração de candidatos e montar uma equipe de sucesso.

Antes da pandemia, você passava um bom tempo identificando, cultivando e nutrindo diversas parcerias. Cortar toda e qualquer despesa com parceiros na situação atual pode parecer uma boa decisão, mas ainda que isso possa gerar economias de custo, pode afetar todo o seu trabalho anterior. Em vez de suspender os investimentos completamente, pense em reduzi-los para que não precise começar do zero quando seus orçamentos ficarem mais robustos. Lembre-se: qualquer nova estratégia  demandará tempo para ser otimizado. Por isso, a palavra do dia ano deve ser redimensionamento e não recomeço!

É importante diversificar a sua estratégia de atração de talentos e usar uma abordagem com base em resultados para alocar o seu orçamento disponível, pois é isso que vai ajudar você a sair do ano de 2021 relativamente a salvo. Analise os dados que estão à sua disposição e veja se, combinar o uso de diferentes mídias online para atração vai ajudar a melhorar áreas que não estão com bom desempenho. Seja aumentando ou diminuindo a escala em um ou outro canal de recrutamento, ou transferindo a campanha para uma plataforma mais apropriada, esses ajustes ajudarão você a ampliar as suas possibilidades sem gastar rios de dinheiro, colocando na mira os candidatos que quer e precisa.

2. Coloque intenção em seus títulos e descrições  

Escolher títulos e descrição de vagas com sabedoria é muito importante para otimizar os seus anúncios. Eles são um tipo de propaganda para a sua empresa, atraindo seus colaboradores atuais e futuros assim que encontram aquele primeiro título de vaga. É por isso que os títulos são tão cruciais e demandam uma atenção especial. Muitos sites de emprego usam algoritmos para sugerir as vagas certas para os candidatos certos. Por isso, se você estiver procurando um grupo específico de candidatos, precisará ter os títulos certos para se encaixar no que eles procuram.

A sua empresa pode ter títulos internos sensacionais para os cargos, mas será que eles farão sentido para um candidato em potencial? Ainda que seja importante mostrar em seus anúncios a sua marca e cultura como empregador, inclua apenas as informações mais cruciais para os candidatos nos títulos. Procurar “gurus do marketing” ou “desenvolvedores ninja” pode ser divertido, mas não precisa desse charme a mais para cativar, de forma efetiva, funcionários atuais e futuros. Não exagere! Não inclua informações demais no título da vaga, evite adicionar palavras desnecessárias como “vagas imediatas” ou estimativas de salário.

Você pode ainda aumentar a relevância dos seus títulos usando prefixos específicos para chamar candidatos mais adequados, como “sem experiência” ou “trabalho remoto”, se forem esses alguns dos seus critérios. No cenário atual, se a oportunidade incluir trabalho em home office, essas palavras-chave estão hoje no topo da lista de interesse dos candidatos e serão mais eficientes do que o salário do cargo na hora de atrair os candidatos. 

Customize os seus títulos de vaga 

Software Developer

Desenvolvedor(a) Java (Android)
Mobile – Remoto

3. Defina objetivos realistas

Ao reavaliar e redimensionar seus investimentos, talvez você precise revisar também os seus objetivos. Veja o que se tornou mais importante para você durante o último ano. Talvez um custo por clique (CPC) baixo tenha se tornado um objetivo importante por questões de orçamento, mas talvez isso não esteja ajudando o tanto que imagina. O CPC deve ser apenas parte de uma estratégia mais abrangente e não um objetivo em si. Dessa forma, uma das suas metas poderia ser otimizar a sua estratégia de divulgação de vagas em conjunto com outros objetivos, como o custo por aplicação (CPA) e o volume de vagas.

 Converse com os seus parceiros e apresente seus requisitos e objetivos, para que possam dar a você orientações claras que o ajudem a se decidir com base em fatos. 
Assim como ter fontes de tráfego variadas e diferentes tipos de parceiros, ter um conjunto misto de objetivos vai ajudar a otimizar as suas campanhas. Talvez apenas queira candidatos de qualidade ou um grande volume de candidatos, ou ainda apenas que o orçamento dure até o final do mês. Esses são todos objetivos importantes e funcionam melhor quando trabalhados em conjunto.

Na Europa, a maioria das empresas usam uma combinação de CPA, volume e um bom ritmo de gasto orçamentário por mês. Na América do Norte, na maioria das vezes, a combinação de objetivos contém apenas CPA e volume. Agora você precisa analisar as suas indústrias e suas necessidades para encontrar a melhor combinação de estratégias que ajudem você a atingir os seus objetivos. Os seus parceiros terão prazer em ajudar você a estabelecer esses objetivos e a trabalhar para alcançá-los. 

Pré-defina as suas metas de campanha 

4. Tenha suas localizações de vagas bem definidas

Definir geolocalização adequadas vem se mostrado uma etapa importante na hora de publicar seus anúncios de vaga no mundo digital. A maioria dos parceiros têm um algoritmo de busca de vagas disponível que considera tanto palavras-chave quanto a localização. Na Europa, a expansão geográfica está se tornando mais comum, com fronteiras mais abertas e candidatos podendo se mover entre elas com mais facilidade. No Brasil, é importante ter mais cuidado com relação ao alcance geográfico do anúncio, considerando que a movimentação entre estados pode não ser tão simples!

É importante se comunicar com os seus parceiros com frequência para verificar como as suas vagas estão sendo geolocalizadas. Há sempre a possibilidade de o nome de uma cidade ou uma abreviação ser atribuída, sem querer, a uma outra localidade. Por exemplo, RO pode ser Roraima ou Romênia, e a cidade de Buenos Aires pode aparecer na Argentina ou no Brasil… Uma grande diferença! Se você ou seus parceiros perceberem anomalias em uma campanha, o grande vilão pode ser a geolocalização, o que é fácil de resolver. 

Acerte na localização

5. Adapte o seu orçamento às necessidades regionais

Ainda que os orçamentos tenham sido reduzidos, isso não significa que eles ainda não possam ser eficazes. Quando os orçamentos estão saudáveis, é provável que uma abordagem mais centralizada pareça bem razoável. Ainda assim, como as necessidades divergem para cada indústria e local, talvez o seu orçamento precise ser alterado.

É possível fazer uma abordagem centralizada funcionar, mas é importante prestar atenção às tendências e demandas regionais. O seu objetivo final deve ser garantir que as suas necessidades de recrutamento sejam atendidas em todos os aspectos. No contexto atual, o volume de vagas e o interesse dos candidatos está em constante variação, a depender do quão bem, ou não, um país ou região está lidando com a pandemia. Por exemplo, a indústria de restaurantes, que sofreu um grande impacto durante a crise, está se recuperando mais rapidamente em algumas regiões do que em outras. Por isso, a melhor abordagem pode ser descentralizar o seu orçamento e alocar fundos para atender necessidades locais.

Os seus parceiros podem ajudar você a identificar áreas que estão com uma demanda maior de contratações e encontrar locais em que os candidatos mais ativos estão procurando por oportunidades de trabalho. Eles também poderão informar quais podem ser as melhores práticas, como fazer um direcionamento de palavras-chave e localizações, fazendo com que que as suas vagas sejam vistas pelos candidatos certos. 

Descentralizar o seu orçamento ou segmentar ainda mais as suas campanhas não precisa ser uma medida permanente. Talvez para um período específico seja uma boa ideia oferecer um orçamento maior para campanhas em regiões que estejam se recuperando melhor do que outras. Sempre há a possibilidade de fazer ajustes novamente e retornar a uma abordagem mais centralizada, caso os seus requisitos regionais demandem isso. 

Todos precisamos demonstrar um pouco mais de criatividade e flexibilidade para nos adaptar a todas as mudanças que esse evento global está causando. No fim das contas, ajustar as suas estratégias de recrutamento com a ajuda de seus parceiros vai garantir que as suas campanhas continuem com bons resultados e se mantenham relevantes nessa época de incerteza. 

6. Meça o seu progresso

Você já reavaliou os seus objetivos a fim de atender às necessidades de 2021. Você redimensionou e diversificou o seu uso orçamentário com parceiros, escolheu os títulos de vaga certos, verificou as tags de geolocalização para as suas vagas e analisou quais regiões podem precisar de mais orçamento do que outras. Agora é hora de monitorar os seus objetivos e acompanhar, de forma contínua, como tem sido sua atratividade de candidatos em suas mídias.

Isso significa que você deve medir os diferentes resultados nos âmbitos de campanha, indústria e vaga. Painéis de controle de parceiros são um ótimo recurso para ajudar você a monitorar e gerir o progresso das suas campanhas. Focando apenas no âmbito de campanhas, você e seus parceiros podem monitorar a evolução dessas campanhas e observar quais as indústrias que apresentam bom desempenho, ou ver qual delas tem um CPA acima do normal. O seu parceiro pode então encontrar a raiz do problema e propor soluções.

Um outro bom motivo para trabalhar com mais de um parceiro é poder aproveitar os pontos fortes de cada um. Ter múltiplos parceiros não apenas diversifica e aumenta o seu tráfego, mas também permite que você aloque determinadas vagas para parceiros específicos, considerando o que é mais adequado para o público de cada um deles. Ao ver que um determinado perfil de vaga não está indo bem com uma mídia em particular, vale tentar outros tipos que melhor se encaixam no perfil desse parceiro e que se adequam mais aos candidatos dele.

Ao mensurar progresso para vagas, você pode identificar tendências e aproveitá-las. Em tempos de pandemia, observe o desempenho de vagas que contenham “remoto” e “trabalho em home office” nos títulos para ver como reagir da melhor forma a essa tendência.

Mesmo que haja problemas em suas campanhas, ao monitorá-las com atenção e ao se comunicar frequentemente com seus parceiros, essas falhas serão facilmente solucionadas. Caso esteja conduzindo a campanha mais perfeita, aquela dos sonhos, observar métricas ainda será de grande ajuda quando for a hora de redimensionar ou ter que se ajustar a novos acontecimentos. Assim, ela continuará excelente! 

Monitore e mensure a sua campanha 

Conclusão

Otimizar o seu processo de recrutamento e seleção em 2021 não precisa ser difícil. Ao menos não precisa ser uma empreitada tão solitária. Os seus parceiros são recursos inestimáveis para ajudar a definir estratégias e campanhas que ajudarão você a alcançar os seus objetivos e a se adaptar a qualquer obstáculo.

Com recursos limitados, como um todo, a eficácia é primordial em todos os aspectos dos seus programas de recrutamento. SPor isso, entre em contato com seus parceiros hoje para ver como podem trabalhar juntos e conectar melhor o mundo a oportunidades de trabalho.

Escrito por Johanna Donovan
Traduzido por Luisa Pacheco 

Employer Branding
Por Employer Branding

O Employer Branding Brasil é uma iniciativa de pessoas apaixonadas pela gestão estratégica de marca empregadora. Acreditamos que a reputação de uma marca tem forte influência na vida e na experiência das pessoas. Ajudamos empresas e profissionais a se desenvolverem na gestão de marca empregadora aliada aos objetivos de negócios, proporcionando experiências positivas para os talentos no ambiente de trabalho, sejam eles candidatos ou colaboradores.